quarta-feira, novembro 08, 2006

Reencontro com o Pirata

Foi rápido. Foi bom. Foi preciso. Te olhar no olho, depois de tantas lágrimas serem apenas minha lente quando te enxerguei pela última vez... Hoje escrevo aqui, pra ti. E você vai saber. Não me envergonho de falar que te amei, mesmo se um dia eu me enganar e conhecer algo tão forte quanto foi. Te amo ainda. Mas assim do jeito que está, eu prefiro. Meu andar está leve, meu sorriso solto e você está longe. E porque ainda te amo? Eu não sei. Mas não quero parar. Lembra das repetições em processo? Enfim, houve a transformação. E essa caminha ao meu lado. Me faz bem, te querer bem. Um beijo. Você pra sempre guardado em meu coração. Tão aflito, que agora descansa.

2 Comments:

Blogger  Maria Fernanda said...

quem ama uma vez nunca mais deixará de amar. sabe, amar é desejar o bem, é escolher uma pessoa favorita e nunca mais tirar ela da sua vida. por mais que essa pessoa foi embora, não deixe que ela vá de você também. não estou falando pra se prender á nada, o que te constroi é o que você já amou. lembra disso :)

força.

5:39 PM  
Blogger Imaginário said...

hehehe mi, fofa. :)

12:56 PM  

Postar um comentário

<< Home